top of page

Carta de uma servidora em luta contra o governo Edmilson Rodrigues

Bom dia camaradas.

Como todas aqui sabemos, nós servidoras e servidores do município de Belém estamos em greve geral desde o último dia 26/03.

Nossas razões são o arrocho em nossos salários, temos entre 827 e 1.007 reais em nosso salário base, a insuficiência de termos alimentos na mesa porque o vale alimentação está em 370 reais, as péssimas condições de trabalho e precariedade para podermos oferecer os serviços à população.

Considerando que mais de 50% do efetivo do funcionalismo é composto por mulheres, em grande maioria, sendo as principais provedoras dos nossos lares, como é o meu caso.

Peço que a frente, ou os coletivos possam manifestar apoio a nossa causa, fazendo notas ou vídeos curtos, para pressionar o executivo a vir negociar conosco.

Edmilson vem nos tratando como marginais, chegando a aplicar medida extrema de colocar um forte aparato policial para nos tirar da sala de reuniões da secretaria municipal de administração na tarde de ontem.

Utilizando a polícia burguesa ao mesmo tempo em que pratica uma intensa campanha de criminalização do movimento grevista e as dirigentes sindicais.

Pensem sobre isso e ajudem, porque se permitirmos que governo que ajudamos a eleger comete estas atrocidades, ele manda uma mensagem que trará consequências nefastas ante qualquer outro governo que possa vir.

Karina Lopes,

co-vereadora do Mandato Coletivo Professora Silvia Letícia




462 visualizações0 comentário

Comentários

Avaliado com 0 de 5 estrelas.
Ainda sem avaliações

Adicione uma avaliação
bottom of page